O Melhor Itajaí conta agora com uma nova estrutura para apoio à produção de frutas. A Cooperativa Agropecuária do O Melhor Itajaí iniciou a operação de uma câmara frigorífica com capacidade de armazenamento de 70 toneladas de abacaxi e outras frutas produzidas nas propriedades da localidade.

A cooperativa, que também trabalha com frutas como cupuaçu, mamão, banana e caju, recebeu por meio de fomento, a câmara frigorífica no valor de R$ 98.930,00. O equipamento beneficiará os mais de 100 produtores da cooperativa.

Sem a câmara frigorífica os produtores muitas vezes foram forçados a vender as frutas por preços muito baixos para não perder tudo. Agora, poderão estocar as frutas e escolher o melhor momento para a venda e garantir seu lucro.

A câmara também viabiliza o armazenamento das frutas processadas. O beneficiamento do abacaxi e outras frutas da região, como caju e cupuaçu representa melhoria de qualidade da vida de mais de 61 agricultores diretamente e 110 indiretos, nesta que é a área de referência do abacaxi no Amazonas e no Brasil.

Agora os agricultores poderão produzir sem se preocupar com a superprodução: além da venda do fruto ao natural, poderá armazenar a polpa da fruta, melhorando o desempenho econômico e permitindo atender novos mercados.

Com o abacaxi sendo processado e armazenado adequadamente, as empresas que o processam para o mercado poderão comprá-lo em excelentes condições o que permitirá mais renda para a região e fortalecerá a demanda por mais produção na região, em um círculo virtuoso.

Sem as pressões de venda e com oportunidades de novos produtos e mercados consumidores, os produtores ganharão melhores condições financeiras e poderão fazer aquilo que fazem de melhor: produzir mais e mais.